Brasil assume posto de segundo maior exportador de frango do mundo

por | nov 29, 2022 | 10h

A exportação de 14,3 milhões de toneladas de carne de frango, para 150 países, gera uma receita de US$ 7,6 bilhões para a econômica brasileira. Esses números também são responsáveis pela geração de 4 milhões de empregos no agro.

Desde 2004, o Brasil é líder na exportação de proteína animal e, atualmente, o país responde por 35% desse mercado. De acordo com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex Brasil), em 2021, o país produziu 14,3 milhões de toneladas de carne de frango.

Deste total, 32% foram exportados para mais de 150 países, gerando uma receita de US$ 7,6 bilhões. A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), confirmou que, neste ano, o país assumiu o posto de segundo maior produtor de frango no mundo.

A ABPA informou que todas as etapas de produção de carne de frango envolvem cerca de 4 milhões de empregos diretos e indiretos, o que gera cerca de 500 mil empregos nas agroindústrias, além de 100 mil famílias produzindo nas granjas.

O Brasil se consolidou recentemente como o maior exportador de proteína animal do mundo, é o primeiro em exportação de carne bovina, o quarto em carne suína e o segundo maior exportador de carne de frango. Ásia e Oriente Médio respondem pelos principais mercados para a proteína brasileira.

Por Marcelo Rech

InfoRel

Imagem: Comex do Brasil

Share This