MERCOSUL se reúne em clima tenso e sem o Brasil

por | dez 7, 2022 | 14h

Hamilton Mourão representou o Brasil. Argentina e Uruguai não coincidiram nem para a foto oficial. A Bolívia quer entrar de uma vez no MERCOSUL e o Chile pediu uma abertura objetiva do bloco em direção à Aliança do Pacífico

Terminou nesta terça-feira, 6, a 61ª Cúpula do MERCOSUL, sem a presença do presidente brasileiro e envolta em muitas tensões, principalmente entre Argentina e Uruguai. Enquanto Alberto Fernández defende corrigir as assimetrias existentes, Lacalle Pou quer firmar acordos de livre comércio com a China e a Turquia, sem o MERCOSUL.

Dá para afirmar que foi, sem dúvidas, uma das piores reuniões do bloco em anos. Jair Bolsonaro, recluído desde a derrota nas urnas, sequer fez menção de comparecer. Relegou a tarefa ao vice, Hamilton Mourão, senador eleito pelo Rio Grande do Sul.

Além disso, a Bolívia de Luís Arce, pressionou para que o país seja admitido de uma vez como membro pleno do bloco. O único país que não ratificou o Protocolo de Adesão da Bolívia é o Brasil. Desde 2017, o texto está pronto para ser votado pelo Plenário da Câmara dos Deputados.

Ocorre que, no governo Michel Temer, o Itamaraty, sob a gestão de Aloysio Nunes Ferreira, uma hora queria aprova-lo, outra hora, não queria. No final das contas, não houve nenhuma articulação efetiva e o assunto foi perdendo força até parar em alguma gaveta sabe-se lá que quem.

Já o Chile, outro membro associado, pediu uma aproximação objetiva entre o MERCOSUL e a Aliança do Pacífico. No entanto, para que isso se torne uma realidade, é preciso que as travas comerciais sejam retiradas e, quando o assunto chega nesse nível, ninguém mais se entende.

É interessante que todos defendam a integração, mas atirando cada um para um lado. O MERCOSUL, a partir de 2023, será mais um mecanismo sob a sombra do Foro de São Paulo. A Argentina já convocou uma reunião para 24 de janeiro. Na pauta: a ressurreição dos mecanismos bolivarianos de integração, ou qualquer coisa desse tipo.

Por Marcelo Rech

InfoRel

Imagem: REPRI

Share This