Uruguai ingressa na iniciativa para promover o comércio e os investimentos

por | dez 21, 2022 | 13h

Nesta quarta-feira, 21, o secretário da Presidência do governo do Uruguai, Álvaro Delgado, informou que foram ampliadas as informações sobre a Aliança para o Progresso Econômico das Américas (APEP) onde há possibilidades de se avançar comercialmente com aquele país, em termos comerciais e de investimentos, apesar de o Uruguai não ter um Acordo de Livre Comércio com Washington.

O Uruguai segue, desta forma, buscando alternativas para ampliar o livre comércio e atrai investimentos, apesar do MERCOSUL. No início do mês, o presidente Luis Lacalle Pou, reafirmou em reunião do bloco, que iria iniciar negociações para o ingresso do país no Tratado Transpacífico e em acordos de livre comércio com China e Turquia.

A decisão não agrada aos argentinos que contam com o futuro governo brasileiro, para frear os ímpetos uruguaios. O Paraguai, com eleições presidenciais em abril, defende que as negociações comerciais sigam dando-se por meio do bloco.

A Aliança para o Progresso Econômico das Américas é um programa do governo dos EUA cujo objetivo é promover o investimento e o comércio com os países das Américas.

O Uruguai enxerga aí, uma possibilidade de gerar oportunidades comerciais e tarifas preferenciais. Nesse sentido, o trabalho de responsabilidade fiscal no Uruguai e os indicadores econômicos e de desenvolvimento, contaram muito, além, claro, de segurança jurídica, separação de poderes e estabilidade. Em junho, será realizada uma cúpula com todos os países membros da APEP na América Latina, mais uma chance para que os vizinhos busquem convergir em termos de oportunidades, investimentos e comércio.

Share This