Mujica viajará com Lacalle Pou e Sanguinetti para a posse de Lula

por | dez 26, 2022 | 11h

O ex-presidente José Mujica respondeu afirmativamente ao convite do presidente da República e o acompanhará, juntamente com o também ex-presidente Sanguinetti, à posse de Luiz Inácio Lula da Silva, no dia 1º de janeiro. Inicialmente, Lacalle Pou não pretendia vir ao Brasil.

Lacalle explicou o convite para uma visita oficial aos ex-presidentes como um gesto de “continuidade democrática e institucional e republicana”. Além disso, esta semana Lacalle Pou e Mujica se encontraram, mas nenhum dos dois revelou detalhes do que foi discutido.

Pepe Mujica disse que aceitou o convite para fazer “um gesto diplomático um tanto incomum, especialmente na América Latina; um dos pequenos luxos que o Uruguai pode pagar”. A decisão reafirma a solidez da civilidade política uruguaia.

“Ele nos convidou e decidimos acompanhá-lo porque colaborar com um país tão importante para o Uruguai como o Brasil, com um pequeno gesto diplomático, me parece uma questão de princípio, acima de qualquer outra consideração”, explicou.

Mujica não ignorou que com Lacalle e Sanguinetti mantêm “diferenças, às vezes duras”, mas valorizou que apesar disso possam se aproximar, definindo-o como “esforço republicano, cultivando uma imagem de bonomia para o país”. Devemos “aprender a conviver com as diferenças, mas viver juntos, cada um mantendo suas posições, mas deixando claro que formamos um país”, afirmou.

“Qualquer um sabe que sou amigo do Lula, que sou amigo há muitos anos, e que tenho um nível de relacionamento que não é comum. Participei da própria campanha dele, do último ato dele, e claro, tenho plena consciência disso”, assinalou o ex-presidente uruguaio.

Share This